HISTORIANET

Livros

Sociedade dos Socialistas Vivos

de Luiz Marcos Gomes.

Leitura obrigatória, “o livro de Luiz Marcos Gomes é uma análise do novo capítulo em curso do processo de neocolonização do Brasil, e por extensão, da América Latina. Nele, o leitor encontrará uma discussão teórica sobre o neoliberalismo (imperialismo tecnocrático) e uma exposição dos mecanismos usados para implantá-lo no Brasil. Desde a montagem da campanha eleitoral de Fernando Henrique Cardoso, a apresentação do Plano Real, o conteúdo das alianças partidárias, tudo respondendo às técnicas de dominação do imperialismo. Depois disso, com a vitória eleitoral, a aplicação do Consenso de Washington.”
Aqui, em diferentes diapasões mais aprofundamento teórico no debate sobre os males do capitalismo, hoje travestido de “neoliberalismo” e suas conseqüências para as Nações periféricas como a Argentina, o Paraguai e o Brasil.
Naturalmente que a dominação se dá acima de tudo no campo econômico, cabendo a nós, intelectuais, a árdua tarefa de efetivar uma contraposição ao que os intelectuais orgânicos da direita no Brasil vêm fazendo há dez anos. As Universidades precisam passar por uma reforma, não há mais lugar para o conservadorismo (conservar o quê mesmo?) travestido de “pós-modernidade”. Esse paradigma conduziu a Argentina e o Paraguai à bancarrota. Cabe ao Brasil defender-se para não ser o próximo. Claro está que, nos marcos tradicionais do capitalismo não há saída. Há que se dialogar muito, democraticamente, no parlamento e nas universidades, para que se encontre uma saída humanista para esta situação, benéfica ao capital e nefasta ao ser humano, que o governo Lula herdou após dez anos de hiperinflação seguidos por dez anos de entreguismo despudorado.

Pesquisar em
1128 conteúdos

Notícias

MASP

Passagens por Paris - Arte moderna na capital do séc. XIX

Notícias

Universidades latinas atraem poucos estrangeiros

Instituições têm melhorado sua presença em rankings internacionais, mas continua

Roteiros de Aula

Ninguém tira Zero

Província elimina nota zero para proteger autoestima de alunos

Notícias

França e Alemanha lembram 100 anos da Primeira Guerra

Presidentes Hollande e Gauck homenageiam mortos nas batalhas e destacam importân

COPYRIGHT © HISTÓRIANET INTERNETWORKS LTDA

PRODUZIDO POR

SOBRE O HISTORIANET