HISTORIANET

Atualidades

Brasil: 500 anos

No ano 2000 assistiremos a vários eventos em comemoração aos 500 anos do "descobrimento do Brasil". A proximidade do grandioso aniversário fez com que instituições governamentais e órgãos de imprensa elaborassem campanhas, livros e CD ROM, assim como a pesquisa sobre o tema ganhou destaque e, claro, esse movimento refletiu-se no último vestibular ( e provavelmente aparecerá no próximo), como na 1a fase da Unicamp99.

Mas o que vamos comemorar?

A expectativa da historianet é que todo esse alarde sirva para estimular uma maior reflexão sobre nossa própria história.

A atual situação do país não é muito propícia para comemorações. A política recessiva adotada pelo governo têm gerado grande preocupação na população brasileira, pois o desemprego tende a aumentar ainda mais e os principais cortes orçamentários recaem sobre as áreas de saúde e educação, incluindo diretamente as universidades federais e indiretamente as demais.

O termo "descobrimento" vem sendo eliminado gradualmente dos livros didáticos, apesar de já ter sido incorporado por nossa cultura.


Cabral descobriu o que?

Efetivamente nada.

Após mais de 80 anos de navegação, os portugueses desconfiavam da existência de terras a oeste da Ilha de Cabo Verde, confirmada pela viagem de Colombo, e por isso não aceitaram a Bula Inter Coetera do Papa Alexandre VI - espanhol - ameaçando os castelhanos e exigindo um novo acordo.

Esse novo acordo foi assinado no ano seguinte (1494) na cidade de Tordesilhas, satisfazendo D. João II, pois garantia à Portugal o domínio sobre o litoral do Brasil e, principalmente, o controle sobre o Atlântico, fundamental para o cumprimento do principal objetivo lusitano: As Índias.

Os estudos mais atuais trazem novos conhecimentos sobre esse período, especialmente sobre a viagem de Duarte Pacheco ao Brasil em 1498, dois anos antes de Cabral. Essa viagem secreta foi planejada pelo governo português e mantida em segredo, dada a grande rivalidade com a Espanha e ao não interesse imediato de Portugal sobre o novo território.

Em 1494 o litoral do Brasil já pertence à Portugal.

Em 1498 os primeiros portugueses chegam ao Brasil.

Porém se o termo "descobrimento" esta sendo eliminado dos livros didáticos, vêm sendo substituído por qual?

Alguns autores passaram a empregar "chegada" dos portugueses, pretendendo assim uma pseudo neutralidade no que toca aos interesses econômicos e às relações travadas com os povos nativos a partir de então

Outros passam a utilizar o termo "conquista", possibilitando uma maior reflexão sobre os interesses que estão em jogo, a intenção nítida de Portugal sobre o Brasil, no quadro da política mercantilista.

Existem alguns que se utilizam da expressão "inicio da exploração portuguesa", pois, apesar de não haver uma ocupação efetiva da terra nas primeiras décadas, a madeira já era explorada e o mercado resguardado, com o objetivo futuro definido.

Para os estudantes essa discussão torna-se muito importante, pois é através da discussão, do questionamento, que compreendemos o processo histórico. Envolver-se nesse debate permitirá perceber que a história é dinâmica e não decorativa e possibilitará o desenvolvimento do senso crítico, que é necessário para melhor compreensão da situação atual e das transformações mais significativas que ocorreram no longo da História da Humanidade.

Pesquisar em
1129 conteúdos

Livros

O capitalismo como religião

apresenta um recorrido por ensaios do filósofo Walter Benjamin, organizado e int

Notícias

Série refaz a trajetória de líderes da Segunda Guerra

'Guerras Mundiais', que estreia no History Channel, mostra a participação de Hit

Notícias

Vou passar no ENEM

Acompanhe as orientações e dicas para enfrenar esse desafio

Notícias

Exposição dos Maias

Até dia 24 de Agosto na OCA, no Parque do Ibirapuera em São Paulo

Enquete

Sobre o movimento de 1964 encabeçado pelos militares, você aprendeu:



Desafio Histórico

Sobre a Intifada



COPYRIGHT © HISTÓRIANET INTERNETWORKS LTDA

PRODUZIDO POR

SOBRE O HISTORIANET