HISTORIANET

Vestibulares

FGV - Dissertativas

FGV 19 de maio de 2005 Questões Discursivas.


1) "Ser senhor de engenho é título a que muitos aspiram, porque traz consigo o ser servido, obedecido e respeitado de muitos" Antonil, André João, Cultura e Opulência no Brasil. Belo Horizonte: Ed Itatiaia, 1982, p. 75
O Engenho de açúcar teve papel decisivo no processo de colonização do Brasil. Com relação a isso:
a) Quais eram as características econômicas do engenho de açúcar?
b) Do ponto de vista social, qual o papel do engenho de açúcar nas estruturas de poder da sociedade colonial brasileira?

Resolução
a) Foi a atividade açucareira que determinou o início da ocupação e exploração portuguesa no Brasil. O engenho era a unidade básica de produção nos primórdios da colonização do Brasil, caracterizado pela grande extensão territorial (latifúndio) monocultura e pelo trabalho escravo, predominantemente africano. O desenvolvimento do engenho possibilitou que outras atividades econômicas se desenvolvessem, como a agricultura de subsistência e a pecuária.
b) A sociedade açucareira caracterizou pela polarização (existência de duas camadas sociais importantes, senhores e escravos), pelo imobilismo social, pelo patriarcalismo. A elite detinha não apenas as terras e o capital, mas também os direitos políticos, uma vez que apenas os "homens bons" estavam aptos a ocupar os cargos das câmaras municipais.


2) Leia com atenção um trecho de um despacho de 1905 do Barão de Rio Branco e depois responda às questões propostas:
"Os Estados Unidos são o principal mercado para o nosso café e outros produtos. Ao seu governo devemos (...) provas da mais cordial amizade e devemos também serviços valiosos prestados em circunstâncias difíceis para nós. Tudo nos aconselha, portanto, a cultivar e estreitar cada vez mais esta amizade, para que assim possamos continuar a desfazer as intrigas e os pérfidos manejos de nossos invejosos e dos adversários ocasionais que as questões de fronteiras têm nos trazido"
Apud. Clodoaldo Bueno - Política Externa da Primeira República. São Paulo: Paz e Terra, 2003, p 160
a) Como se caracterizou a política diplomática brasileira durante a gestão do Barão de Rio Branco?
b) Tal política representou uma alteração nos rumos da diplomacia brasileira em comparação ao regime monárquico? Justifique sua resposta?

Resolução
a) O Barão do Rio Branco foi responsável por colocar em prática uma política externa caracterizada pela diplomacia, pela busca negociada para solucionar conflitos internacionais. Deu grande destaque ao comércio exterior e se preocupou em resolver as questões de fronteira do Brasil.
b) Sim, percebemos que o Brasil a partir de então, inicio da República Velha, optou pelo desenvolvimento de uma parceria comercial mais acentuada com os Estados Unidos, país que viria a substituir gradualmente a Inglaterra como nosso principal parceiro comercial nas primeiras décadas do século XX. Ao mesmo tempo procurou uma maior aproximação com países sul americanos.

3) Entre 1970 e 1974, a ditaduta militar brasileira promoveu uma intensa propaganda ufanista. Observe a imagem abaixo e depois responda às questões propostas:



a) quais eram as característica econômicas e políticas desse período?
b) Aponte a mensagem política contida nessa imagem e relacione-a ao contexto do período.

Resolução
a) O governo Médici foi caracterizado pelo que se convencionou chamar de "milagre econômico", época marcada por altas taxas de crescimento econômico, devido ao grande ingresso de capitais estrangeiros, que possibilitou obras públicas de impacto e que absorveram uma parcela da mão-de-obra; ao mesmo tempo a política de crédito atingiu a classe média, com a possibilidade concreta de elevar seu padrão de consumo, fazendo parecer que o nível de vida melhorava. Para a maioria dos assalariados foi um período de arrocho salarial, caracterizado pela concentração de renda. Do ponto de vista político a repressão política tornou-se maior, apoiada no AI-5, época caracterizada por perseguições políticas, aparecimento de grupos paramilitares, pela tortura nos "porões da ditadura", pelas execuções de inimigos do regime e por forte censura sobre os meios de comunicação.
b) No mesmo período pode-se notar a preocupação do regime militar com a propaganda, que procura, de forma ufanista, destacar o patriotismo através de símbolos e frases de efeito, como a apresentada no enunciado. Dessa maneira aqueles que faziam oposição ao governo eram considerados como elementos anti patrióticos, que deveriam deixar o país. "Ou você gosta do país do jeito que ele é ou deve deixá-lo", não deve tentar mudá-lo.


4) De 1861 a 1865, os Estados Unidos da América do Norte vivenciaram uma sangrenta guerra civil,
denominada Guerra de Secessão, na qual morreram mais de 600 mil combatentes. Leia o texto abaixo e
depois responda às questões propostas.
"Sentimos que a nossa causa é justa e sagrada; solenemente proclamamos, para todo o gênero humano,
que desejamos a paz ao preço de qualquer sacrifício, menos o da honra e da independência. Não
procuramos conquista alguma, nem enaltecimento, nem concessão alguma de qualquer espécie dos
Estados dos quais faz pouco tempo éramos confederados. Tudo o que pedimos é sermos deixados em paz;
que aqueles que nunca mandaram em nós agora não tentem subjugar-nos pela força das armas."
Jefferson Davis, primeira fala ao Congresso dos Estados Confederados da América, 1861. Apud EISENBERG, P.L., A Guerra civil americana, São Paulo, Brasiliense, 1982, p. 7.
a) Quais foram as causas da Guerra da Secessão?
b) Constituição norte-americana, ratificada em 1790, estabelecia uma república federalista. A ação dos
Confederados rompia esses princípios constitucionais? Justifique sua resposta.

Resolução
Leia o texto abaixo e depois responda às questões propostas.
"No decurso do século XVI emergiu no Ocidente o Estado absolutista. As monarquias centralizadas da
França, Inglaterra e Espanha representavam a ruptura decisiva com a soberania piramidal e parcelarizada
das formações sociais medievais, com os seus sistemas de propriedade e vassalagem."
ANDERSON, P., Linhagens do Estado Absolutista, trad., Lisboa: Afrontamento, 1984, p.13.
a) Apresente uma definição e as principais características do Estado absolutista.
b) Do ponto de vista militar, quais eram as diferenças entre os Estados absolutistas da França, Inglaterra
e Espanha? Como essas diferenças influenciaram as disputas pela hegemonia internacional nos séculos
XVI e XVII?

Pesquisar em
1128 conteúdos

Notícias

MASP

Passagens por Paris - Arte moderna na capital do séc. XIX

Notícias

Universidades latinas atraem poucos estrangeiros

Instituições têm melhorado sua presença em rankings internacionais, mas continua

Roteiros de Aula

Ninguém tira Zero

Província elimina nota zero para proteger autoestima de alunos

Notícias

França e Alemanha lembram 100 anos da Primeira Guerra

Presidentes Hollande e Gauck homenageiam mortos nas batalhas e destacam importân

COPYRIGHT © HISTÓRIANET INTERNETWORKS LTDA

PRODUZIDO POR

SOBRE O HISTORIANET