HISTORIANET

Vestibulares

FGV - maio de 2005

FGV - maio de 2005

HISTÓRIA

1) Com a chamada Partilha de Verdun, de 843, o império de Carlos Magno foi dividido entre seus três netos: Lotário, Carlos e Luís. A esse respeito podemos afirmar:
a) Nesse acordo preservava-se a unidade político-institucional, uma das características do sistema feudal em processo de estruturação.
b) A partilha marca o início do processo de síntese romano-germânico, que redundaria no aparecimento de diversos pequenos reinos durante a Alta Idade Média.
c) O resultado é o esboço da futura divisão européia, uma vez que os domínios de Carlos e Luís darão origem aos reinos francês e germânico respectivamente.
d) Nesse momento consagra-se a divisão da cristandade, em razão da aproximação de Lotário e Carlos com o papado e de Luís com o patriarcado de Constantinopla.
e) O Tratado de Verdun marcou o fim dos conflitos entre os poderes seculares e eclesiásticos, verificado desde o início da Idade Média.

Resposta: C
Resolução O Tratado de Verdun dividiu o Império Carolíngio entre os três netos de Carlos Magno. Luís, o piedoso, filho de Carlos Magno, não conseguiu preservar a centralização política. A principal contradição no reinado de Luís envolveu o costume bárbaro de dividir o reino e a pretensão da Igreja em mantê-lo unido. Quebrando a tradição o rei deixou o reino para o filho mais velho e, ao preterir os outros dois herdeiros, estabeleceu as condições para a disputa, marcada por rebeliões e guerras até 843, quando foi firmado o Tratado de Verdun, que dividiu o Império Franco entre os três herdeiros de Luís. Entretanto, a porção atribuída a Lotário acabou incorporada aos outros reinos após sua morte. Conseqüentemente, os Reinos Francês e Germânico subsistiram como Estados europeus até os dias de hoje.

2) "Durante muito tempo, pensou-se que a Festa dos Loucos, celebrada na altura da festa dos Santos-Inocentes (28 de Dezembro) e da Circuncisão (1º de janeiro), não era mais do que uma sobrevivência das festas pagãs do solstício de Inverno e das calendas de janeiro (...) Na realidade, a Festa dos Loucos aparece apenas no século XII e num contexto urbano completamente novo (...) Quaisquer que sejam as tradições antigas que presidiram ao seu nascimento, o Carnaval é, como a Festa dos Loucos, uma inovação da cidade medieval."
(SCHMITT. Jean-Claude. História das Superstições.Trad. Mira-Sintra-Mem Martins, Europa-América, 1997. p. 158)
A respeito da cultura urbana medieval podemos afirmar:
a) Manifestou-se também nas festas que foram integradas ao calendário anual, orientado pelas perspectivas do tempo clerical.
b) Desenvolveu-se paralelamente à cultura religiosa oficial e manteve-se completamente independente dos poderes clericais e seculares.
c) Realizou uma profunda mudança de comportamento e mentalidade, ao eliminar a Quaresma e
ao instituir festas marcadas por divertimentos e excessos.
d) Floresceu durante a Alta Idade Média e declinou a partir do ano mil, quando se verificou uma aguda retração dos núcleos urbanos.
e) Foi duramente reprimida pelos poderes senhoriais e eclesiásticos que se mostraram capazes de banir as manifestações culturais de origem pagã.

Resposta: A
Resolução O poder e influência da Igreja Católica medieval se fez de diversas maneiras, inclusive incorporando algumas festas pagãs aos seus rituais e permitindo que, adaptadas continuassem a ser celebradas pela população camponesa.


3) "... As eleições de 1900 para a Câmara Federal e o terço do Senado confirmam o benefício desta política em favor das oligarquias que estão no poder. (...) Este sistema de apoio às oligarquias vai significar a permanência daquelas que estão no poder. (...) As oposições oligárquicas agora não podem mais ter esperança de uma vitória legal, e às vezes, nem mesmo de um bom êxito revolucionário."
(CARONE. Edgard. A República Velha. 166 edição. São Paulo: Difel. pp. 193-194).
O autor se refere:
a) À política da conciliação.
b) Ao Encilhamento.
c) À República da Espada.
d) À promulgação da nova constituição republicana.
e) À política dos governadores.

Resposta: E
Resolução O início do século foi caracterizado pelo predomínio das elites cafeeiras de São Paulo e Minas Gerais no poder, contando com o aopio de grupos oligárquicos regionais, incorporados à estrutura política a partir de acordos que formalizaram a "política dos governadores".
Leia mais


4) A respeito do salazarismo, estabelecido em Portugal entre 1933 e 1974, é correto afirmar:
a) Foi inspirado no modelo soviético e apresentava-se como um regime socialista, nacionalista e autoritário.
b) Preservou a monarquia portuguesa, mas estabeleceu um governo autoritário sob o comando de Antônio de Oliveira Salazar.
c) Tratava-se de um regime parlamentarista estabelecido por Antônio de Oliveira Salazar após a Revolução dos Cravos.
d) Tratava-se de um regime autoritário que impedia a livre organização partidária e era orientado por uma doutrina nacionalista.
e) Instaurou a República, manteve o catolicismo como religião oficial e adotou uma política de aproximação com os setores oposicionistas.

Resposta: D
Resolução O salazarismo é a designação atribuída ao regime conservador e autoritário que vigorou em Portugal durante 48 anos, entre 1926 e 1974, liderado até 68 por António Oliveira Salazar. Também chamado de Estado Novo, foi um regime fascista.



5) Em 21 janeiro de 1793, Luís XVI foi guilhotinado em Paris. Chegava ao fim a monarquia francesa e iniciava-se um novo período na história da França. Em meio a um contexto de fortes turbulências, rebentaram revoltas internas e guerras externas. Sobre esse contexto, pode-se afirmar que:
a) Em junho do mesmo ano, os jacobinos, comandados por Robespierre, assumiram o poder na França, inaugurando o período da Convenção jacobina, considerado o mais popular e radical de toda a Revolução.
b) Foi marcado pela guerra civil, em que partidários do rei e da república se enfrentaram, com a vitória dos primeiros, que impuseram uma ditadura ao país, sob o comando de Marat e dos girondinos.
c) A morte do rei desencadeou a revolta de toda a nobreza européia e da Igreja Católica, levando à formação de um exército multinacional - a Primeira Coligação - contra a França. Em menos de um ano, o exército francês, debilitado pelas baixas, rendeuse
e a monarquia foi restaurada.
d) Em meio aos combates externos, destacou-se a figura do general Napoleão Bonaparte que, amparado pelos girondinos, venceu os opositores externos e internos e tornou-se Imperador dos franceses, em 1795, colocando um ponto final no processo revolucionário francês.
e) A guerra civil e a guerra externa geraram uma crise sem precedentes: lavouras arruinadas, inflação, desabastecimento. A crise só foi superada com a Restauraçao da monarquia em 1795 e com a subordinação definitiva da França às demais potências européias.
Resposta: A
Resolução O período entre junho de 1793 e julho de 1794 foi caracterizado pelo governo dos jacobinos, facção liderada por Robespierre, que implementou uma política voltada para os interesses das camadas populares e caracterizada pela intensa repressão, conhecida como "período do terror".


6) Eram características da doutrina defendida pela Ação Integralista Brasileira:
a) Defesa da ditadura do proletariado e combate à democracia.
b) Liberalismo econômico e autoritarismo político.
c) Liberdade de expressão e defesa da reforma agrária.
d) Concepção corporativista de sociedade e ideologia nacionalista.
e) Ateísmo e perspectiva totalitária.
Resposta: D
Resolução A AIB (Ação Integralista Brasileira) surgiu em outubro de 1932 era um movimento nacionalista, inspirado nos idéias fascistas italianos, liderada por Plínio Salgado, que defendia a existência de um Estado forte.

7) "Hoje sabemos que Stalin foi a principal vítima dessa falta de realismo, recusando-se obstinada e sistematicamente a aceitar a acumulação de provas detalhadas e absolutamente confiáveis do plano de Hitler de atacar a União Soviética, mesmo depois que os alemães já haviam cruzado suas fronteiras." (Hobsbawm, Eric. Tempos Interessantes. São Paulo: Cia das Letras, 2002. p. 186)
A "falta de realismo" de Stalin, a que se refere Hobsbawm, estava ancorada:
a) Na crença de que os governos dos EUA e da Inglaterra não haviam atacado a URSS porque esta se colocara ao lado dos nazistas no conflito.
b) Na crença que Stalin tinha na identificação entre as ideologias socialista e nacional-socialista,
c) Na certeza de que Hitler não arriscaria uma invasão à URSS devido à superioridade bélica evidente do Exército Vermelho.
d) Na suposição de que o objetivo de Hitler era destruir as potências capitalistas para depois, com a URSS, construir uma Europa socialista.
e) Na existência de um pacto de não-agressão entre a Alemanha e a URSS, assinado em 1939.
Resposta: E
Resolução A alternativa não representa a opinião do escritor, no entanto é a única que pode ser relacionada ao texto, uma vez que o pacto estabelecido entre os dois governos estabelecia uma política de não-agressão.


8) "Que obra-prima é o homem! Como é nobre em sua razão! Como é infinito em faculdades! Em forma e movimentos, como é expressivo e maravilhoso! Nas ações, como se parece com um anjo!
Na inteligência, como se parece com um deus! A maravilha do mundo! O padrão de todos os seres criados!" Hamlet,William Shakespeare, trad., São Paulo: Martin Claret, 2002, p.47.
Nesse trecho do Hamlet de William Shakespeare podemos identificar algumas características:
a) Do Catolicismo, com a afirmação da arte como um ofício religioso.
b) Do Protestantismo, com a perspectiva da infalibilidade dos escritos bíblicos.
c) Do Renascimento, com a valorização do homem como o centro ou a medida do Universo.
d) Do Hedonismo, com a identificação da beleza como uma manifestação do espírito divino.
e) Do Teocentrismo, com a negação da influência do classicismo grecoromano.
Resposta: C
Resolução O Renascimento Cultural é uma das características da modernização da Europa, que se sobrepõe a cultura medieval, marcada pelo dogmatismo, pelo misticismo e pelo teocentrismo. A modernidade retoma os valores greco-romanos como o antropocentrismo, o racionalismo e o individualismo.

9) Sobre a participação do Brasil na guerra contra Oribe e Rosas, em 1851-1852, é correto afirmar:
a) O Brasil aliou-se aos governos argentino e uruguaio contra o Paraguai.
b) A intervenção brasileira tinha em vista os interesses dos estancieiros gaúchos.
c) O Brasil entrou na guerra para defender os interesses imperialistas britânicos.
d) Os aliados do Brasil foram Buenos Aires, Paraguai, Entre-Rios e Corrientes.
e) A intervenção brasileira visava garantir a estabilidade do Vice-Reino do Prata.

Resposta: B
Resolução Esse foi o pretexto utilizado pelo governo brasileiro para promover a intervenção no Uruguai. Sabemos que as disputas na região envolviam outros interesses, como a navegção na Bacia do Prata e a política da ditadura argentina comandada por Rosas.


10) Sobre o processo de unificação da Itália e seus desdobramentos, é correto afirmar que:
a) O processo de unificação levou ao agravamento das tensões no campo, principalmente na parte sul da península, o que provocou uma intensa onda migratória de camponeses miseráveis para outras partes da Europa e para a América.
b) A partir das divisões estabelecidas pelo Congresso de Viena, no início do século XIX, as lutas pela unificação foram refreadas pela presença de tropas alemãs nos territórios da península.
c) Nas lutas pela unificação, destacaram-se as lideranças do conde Cavour, pelos republicanos, e de Giuseppe Garibaldi, pelos monarquistas, este último conhecido dos brasileiros por sua participação na Guerra dos Farrapos.
d) Apesar de a unificação ter-se dado em 1871, questões com a Igreja Católica e com a Áustria se mantiveram até o século XX. No caso da Igreja, a questão só foi solucionada após a Segunda Guerra Mundial, com a derrota do fascismo.
e) Norte e sul da península tinham propostas diferentes para a construção do novo país. Sob o comando de Garibaldi, os italianos do norte conseguiram impor o modelo republicano ao novo país.
Resposta: A
Resolução A unificação da Itália foi comandada pela elite nortista, vinculada ao desenvolvimento industrial capitalista. A mecanização da lavoura marginalizou parcela significativa dos camponeses sulistas e agravou sua situação, impulsonando um grande movimento migratório.


11) "Caros camaradas, soldados, marinheiros e trabalhadores, tenho o prazer de congratulá-los pela vitória da revolução russa, saudá-los como a vanguarda do exército proletário internacional (...) A guerra do banditismo imperialista é o começo da guerra civil na Europa. (...). Na Alemanha, tudo já está fermentando! Não hoje, mas amanhã, qualquer dia, pode ocorrer o colapso geral do capitalismo europeu. A revolução russa que vocês realizaram deu o golpe inicial e inaugurou uma nova era. (...). Viva a Revolução Social Internacional!"
(Discurso de Lenin em 16 de abril de 1917, citado em Wilson, E., Rumo à estação Finlândia. São Paulo: Cia. Das Letras, 1986. pg. 441)
Assinale a alternativa que melhor apresenta a temática central do discurso de Lenin:
a) O apelo à manutenção da ordem interna em meio ao processo revolucionário bolchevique.
b) A defesa da união de russos e alemães contra os imperialistas, na Primeira Guerra Mundial.
c) a defesa da permanência russa na Primeira Guerra Mundial como fator necessário à desestabilização do capitalismo internacional.
d) O triunfo da revolução menchevique na Rússia como o primeiro passo para a revolução socialista mundial.
e) A comemoração por conta da derrocada do sistema capitalista internacional, com o fim da Primeira Guerra Mundial.
Resposta: B
Resolução A possível aliança com o proletariado alemão e a expressão final sobre a "revolução internacional", no discurso de Lênin, nos levam a alternativa B como única possível.


12) O sucesso da imigração na década de 1880, como fórmula para substituir os escravos nas fazendas de café, foi resultado:
a) Da Lei de Terras, que tornava acessível a terra aos estrangeiros pobres.
b) Do financiamento da entrada de contingentes de imigrantes pelo governo.
c) Da industrialização do país, que abria novas perspectivas de empregos.
d) das colônias de parceria, introduzidas pelo senador Vergueiro em 1882.
e) Da crise econômica nos EUA, que estimulou a emigração para o Brasil.
Resposta: B
Resolução Desde o fim do tráfico negreiro a preocupação com a mão-de-obra foi maior, numa época de expansão da lavoura cafeeira. A vinda de imigrantes europeus foi garantida por subsídios do governo aos fazendeiros, que passaram a utilizar o trabalho dos colonos, principalmente no interior de São Paulo.



13) "Gostaria muito de ver no testamento de Adão a passagem em que ele divide o Novo Mundo entre meus irmãos, o Imperador Carlos V e o rei de Portugal."
Esta frase, proferida pelo rei francês Francisco I em 1540, reflete:
a) O descontentamento da França com relação aos acordos firmados entre Portugal e Inglaterra acerca do tráfico de escravos africanos.
b) A ironia do governo francês com respeito às investidas das potências européias, por ocasião da chamada partilha da África.
c) O questionamento do apoio dado pelo poder pontifício aos acordos celebrados entre as Coroas ibéricas.
d) O inconformismo com o monopólio comercial estabelecido pelos portugueses com relação ao comércio de especiarias orientais.
e) A aceitação da hegemonia portuguesa com respeito às chamadas viagens ultramarinas.
Resposta: C
Resolução A França questionava os direitos de Portugal e Espanha sobre as terras da América, criticando o Tratado de Tordesilhas (1494) e de Saragoça (1529) que dividiram o mundo (América e Índias, respectivamente) entre os reis de Portugal e de Espanha.


14) "... Os moradores desta Costa do Brasil todos têm terras de Sesmarias dadas e repartidas pelos Capitães da terra, e a primeira cousa que pretendem alcançar, são os escravos para lhes fazerem e grangearem suas roças e fazendas, porque sem eles não se podem sustentar na terra: e uma das cousas porque o Brasil não floresce muito mais, é pelos escravos que se levantaram e fugiram para suas terras e fogem cada dia: e se estes índios não fossem tão fugitivos e mudáveis, não tivera comparação a riqueza do Brasil."
(GANDAVO, Pero de Magalhães, Tratado da Terra do Brasil. História da Província de Santa Cruz. Belo Horizonte: Itatiaia, 1980, p. 42)
Sobre o trabalho no Brasil, no período colonial, podemos afirmar:
a) Era executado por portugueses pobres que podiam obter terras à vontade e assim desenvolver a economia familiar baseada na pequena propriedade.
b) Foi realizado exclusivamente por negros africanos escravizados, uma vez que os índios resistiram à escravidão e fugiam para o interior da América Portuguesa.
c) Desenvolveu-se o sistema de produção missionário, baseado na exploração da mão-de-obra indígena que impediu a escravização dos povos indígenas.
d) Foi realizado principalmente por degredados portugueses, que eram obrigados a trabalhar em latifúndios pertencentes à Coroa portuguesa.
e) Era visto como uma atividade desonrosa para os brancos e destinada, sobretudo, aos nativos e aos negros africanos escravizados.
Resposta: E
Resolução a alternativa destaca uma característica da cultura da época, influenciada por valores medievais, segundo a qual o trabalho era desonroso para os homens brancos da elite, destinado portanto a elementos inferiores como os índios e os negros escravizados.



15) O código eleitoral de 1932 significou um avanço importante em termos de exercício da democracia no Brasil. Entre as medidas nele consagradas estavam:
a) Direito de voto para maiores de 18 anos, direito de voto para os analfabetos, direito de voto para as mulheres.
b) Introdução do voto secreto, direito de voto para maiores de 18 anos, direito de voto para analfabetos.
c) Criação da justiça eleitoral, voto censitário, direito de voto para maiores de 18 anos.
d) Voto censitário, direito de voto para analfabetos, introdução do voto secreto.
e) Introdução do voto secreto, criação da justiça eleitoral, direito de voto para as mulheres.
Resposta: E
Resolução Durante República Velha (1889-1930), prevaleceu o voto aberto, masculino e para alfabetizados em eleições marcadas pelo coronelismo, pelo voto de cabresto e pelas fraudes. Após a Revolução de 1930 o governo Vargas foi forçado a realizar mudanças e o Código Eleitoral de 1932, refletindo a importância das camadas urbanas, garantiu a direito de voto a mulher e criou a justiça eleitoral.

ATUALIDADES

Esta foi a Segunda prova de atualidades realizada pela FGV. A idéia de uma prova de atualidades foi colocada em prática no vestibular do final de 2004, criando grande expectativa entre professores e vestibulandos. Naquele momento podemos verificar uma grande decepção dada a forma adotada pelas questões, que exigiam muito mais raciocínio lógico matemático sobre as proposições, do que conhecimento sobre as questões atuais. Na prova de maio de 2005 - que apresentamos abaixo - percebemos uma mudança na elaboração das questões, que trataram de temas atuais, porém de modo a exigir apenas o conhecimento factual.
HISTORIANET


Assinale a alternativa correta a respeito de cada questão.

1) Espaço que compunha a antiga Estação Sorocabana, situado no bairro da Luz, na cidade de São Paulo, abriga hoje uma sala de espetáculos e é sede de um excelente grupo de artistas. Trata-se, respectivamente, de:
a) Teatro Sérgio Cardoso / Banda da Polícia Militar.
b) Sala São Paulo / Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo.
c) Teatro São Pedro / Orquestra Sinfônica Municipal.
d) Sala Porão / Companhia de Dança Corpo.
e) Teatro de Garagem / Banda de Pau e Corda.
Resposta: B


2) Durante o mês de abril de 2005, parte da população protestou, em praça pública, contra o fato de os livros didáticos não mencionarem atrocidades cometidas durante a guerra. Essa afirmação refere-se a uma divergência entre:
a) Irã e Iraque
b) Burkina Fasso e Camarões
c) Peru e Bolívia
d) China e Japão
e) Argentina e Paraguai
Resposta: D


3) No mês de abril, homenageou-se um ex-presidente brasileiro eleito, pela passagem do 20º aniversário de sua morte. Trata-se de:
a) Tancredo Neves.
b) Juscelino Kubitschek.
c) Ulisses Guimarães.
d) Garrastazu Médici.
e) Castello Branco.
Resposta: A

4) No mês de abril de 2005, um presidente sul-americano foi destituído de seu cargo. Trata-se de:
a) Tabaré Vásquez, presidente do Uruguai.
b) Néstor Kirschner, presidente da Argentina.
c) Alejandro Toledo, presidente do Peru.
d) Hugo Chávez, presidente da Venezuela.
e) Lucio Gutiérrez, presidente do Equador.
Resposta: E


5) Mantidas constantes as demais variáveis, observa-se que, quando o valor do dólar comercial americano SOBE:
a) Os exportadores brasileiros tendem a gostar, porque passam a receber mais reais do que na situação anterior.
b) Os exportadores brasileiros tendem a não gostar, porque passam a receber menos reais do que na situação anterior.
c) Os importadores brasileiros tendem a não gostar, porque passam a pagar menos reais do que na situação anterior.
d) Os importadores brasileiros tendem a gostar, porque os produtos importados se tornam mais baratos no exterior.
e) Os exportadores brasileiros tendem a gostar, porque passam a receber mais dólares por seus produtos.
Resposta: A


6) O papa recentemente eleito resolveu, no primeiro momento:
a) Substituir os principais assessores, para dar a sua própria feição à nova gestão.
b) Substituir os assessores de nível mais alto, mantendo os de nível mais baixo.
c) Substituir os assessores de nível mais baixo, mantendo os de nível mais alto.
d) Substituir todos os assessores principais, de todos os níveis.
e) Manter os principais assessores que trabalhavam com o papa anterior.
Resposta: E


7) Consolidada por decreto-lei de Getulio Vargas, em 1943, muitos empresários demonstram esperar que ela seja reformada brevemente. Trata-se da legislação sobre:
a) o direito civil.
b) o direito penal.
c) o divórcio.
d) o trabalho.
e) a circulação de mercadorias.
Resposta: D


8) As autoridades monetárias de vários países, mais particularmente as dos Estados Unidos, têm sugerido ultimamente que certo país faça flutuar o valor de sua moeda. O país e a moeda são, respectivamente:
a) China e iuane.
b) Japão e iene.
c) Inglaterra e libra.
d) Brasil e real.
e) Nigéria e naira.
Resposta: A


9) Recentemente, o Vaticano recomendou aos católicos que não lessem um livro considerado best-seller, por julgá-lo um perigo para a fé. Trata-se de:
a) As cinco pessoas que você encontra no céu, de Mitch Albom.
b) O código da Vinci, de Dan Brown.
c) Jesus, o maior psicólogo que já existiu, de Mark Baker.
d) Achei que meu pai fosse Deus, de Paul Auster.
e) Por que os homens fazem sexo e as mulheres fazem amor?, de Allan e Bárbara Pease.
Resposta: B


10) O Brasil buscou, mas, até agora, não conseguiu:
a) Obter uma cadeira no Mercosul.
b) Obter assento como membro permanente no Conselho de Comércio da Alca.
c) Obter assento como membro permanente no Conselho de Segurança da ONU.
d) Livrar o Mercosul da presença incômoda do Paraguai.
e) Ser membro do Pacto Andino.
Resposta: C


11) Os dois grandes vencedores do Oscar 2005, pelo número de prêmios que ganharam, foram:
a) Ryane Ray.
b) Os incríveis e Mar adentro.
c) Nascido nos bordéis e Em busca da Terra do Nunca.
d) Menina de ouro e O aviador.
e) Os incríveis e O aviador.
Resposta D


12) No mês de abril de 2005, o Supremo Tribunal Federal suspendeu a intervenção do governo federal:
a) No porto de Itajaí, em Santa Catarina.
b) Na polícia civil do Estado de São Paulo.
c) Em hospitais da cidade do Rio de Janeiro.
d) Na aduana de Foz do Iguaçu.
e) No Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.
Resposta: C


13) No mês de abril de 2005, Condoleezza Rice, Secretária de Estado dos Estados Unidos, declarou, a respeito do Brasil, que:
a) O comércio entre os dois países deve dobrar de tamanho nos próximos cinco anos.
b) O programa nuclear brasileiro não constitui ameaça internacional.
c) A interação cultural do Brasil com os Estados Unidos deve passar por nova fase.
d) A entrada ilegal de brasileiros em território americano tem diminuído, em relação ao ano passado.
e) A exportação brasileira de suco de laranja não tem atrapalhado os produtores da Flórida.
Resposta: B


14) Uma canção brasileira foi executada nas recentes apresentações de Daiane dos Santos. Trata-se de:
a) Brejeiro.
b) Odeon.
c) Apanhei-te, Cavaquinho.
d) Carinhoso.
e) Brasileirinho.
Resposta: E


15) Recentemente, um produto da agricultura brasileira foi manchete nos jornais, por estar infectado e transmitir a doença de Chagas a várias pessoas. Esse fato se deu em:
a) Minas Gerais.
b) Goiás.
c) Santa Catarina.
d) Rio de Janeiro.
e) São Paulo.
Resposta: C

Pesquisar em
1128 conteúdos

Notícias

MASP

Passagens por Paris - Arte moderna na capital do séc. XIX

Notícias

Universidades latinas atraem poucos estrangeiros

Instituições têm melhorado sua presença em rankings internacionais, mas continua

Roteiros de Aula

Ninguém tira Zero

Província elimina nota zero para proteger autoestima de alunos

Notícias

França e Alemanha lembram 100 anos da Primeira Guerra

Presidentes Hollande e Gauck homenageiam mortos nas batalhas e destacam importân

COPYRIGHT © HISTÓRIANET INTERNETWORKS LTDA

PRODUZIDO POR

SOBRE O HISTORIANET