HISTORIANET

Atualidades

DIAMANTINA

A histórica cidade mineira de Diamantina é a sexta cidade brasileira com um rico conjunto arquitetônico e urbanístico a ser tombada pelo patrimônio histórico da humanidade. A decisão foi tomada em reunião da Unesco realizada no dia 1° de dezembro.

A HISTÓRIA DE DIAMANTINA



O Arraial do Tijuco foi fundado em 1713 por bandeirantes que garimpavam o ouro. O nome Tijuco - lama na linguagem indígena - deriva do "pântano" criado pelos mineradores que se estabeleceram e garimparam às margens do Rio Grande.Oficialmente os diamantes foram descobertos por Bernardo da Fonseca Lobo em 1729. A novidade atraiu aventureiros de todos os lados e a Coroa, que já havia declarado monopólio seu a extração dos diamantes resolveu, em 1733, demarcar o Distrito Diamantino.
A princípio a legislação aplicada à região era semelhante à do ouro, inclusive com a cobrança do quinto, sendo que em 1734 foi criada a Intendência dos Diamantes. O isolamento da região e sua riqueza determinaram a adoção de uma forma peculiar de administração, com a criação da Intendência dos Diamantes, subordinada diretamente à coroa portuguesa. Os intendentes, porém, encontraram grandes dificuldades na exploração e fiscalização das minerações e, temendo que muito lhes estivesse escapando das mãos através de contrabando instituíram, em 1739, o primeiro contrato. A política metropolitana caracterizou-se por grande repressão na região, ninguém podia entrar ou sair da região sem autorização do intendente, que inclusive tinha o poder de condenar uma pessoa à morte.
A possibilidade de enriquecimento no entanto, sempre estimulou o surgimento de bandos de garimpeiros que mineravam em áreas proibidas, assim como, o contrabando tendeu a aumentar, mesmo considerando as medidas repressivas adotadas pelos intendentes. Em 1771 o governo extinguiu os contratos e retomou a exploração dos diamantes através da Real Extração, que veio acompanhada pelo seu regimento, apelidado de O Livro da Capa Verde, que resumia todos os códigos de leis anteriores, acrescentando-lhes outras mais tirânicas.



O CONTEXTO

O século XVIII foi caracterizado pelo desenvolvimento da economia mineradora no Brasil colonial. A descoberta de metais preciosos foi um dos importantes desdobramentos da atividade dos bandeirantes paulistas e determinou o início do povoamento de regiões do interior, nos atuais estados de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goiás.
O chamado "ciclo do ouro" foi responsável por importantes transformações na vida colonial: a capital foi transferida para o Rio de Janeiro, porto mais próximo da região onde o ouro era explorado, o tráfico de escravo acentuou-se, assim como a imigração portuguesa. Uitas cidades se desenvolveram no interior, sendo Vila Rica a mais importante. No entanto, podemos considerar que a mineração foi responsável pela maior diversificação sócio econômica, principalmente se compararmos com o período anterior - o da cana-de-açúcar. O comércio interno tornou-se intenso, praticado principalmente por homens de origem portuguesa; a produção de alimentos, assim como a pecuária também se desenvolveram, para abastecer o mercado da região em expansão e esses fatores possibilitaram que se formasse uma camada social intermediária, se bem que, as principais classes sociais ainda eram as mesmas: Os latifundiários e os escravos.

Pesquisar em
1128 conteúdos

Notícias

MASP

Passagens por Paris - Arte moderna na capital do séc. XIX

Notícias

Universidades latinas atraem poucos estrangeiros

Instituições têm melhorado sua presença em rankings internacionais, mas continua

Roteiros de Aula

Ninguém tira Zero

Província elimina nota zero para proteger autoestima de alunos

Notícias

França e Alemanha lembram 100 anos da Primeira Guerra

Presidentes Hollande e Gauck homenageiam mortos nas batalhas e destacam importân

Enquete

Acerca das questões de História no ENEM, você considera:




Desafio Histórico

Sobre a criação das Capitanias no Brasil pode-se considerar como correto:




COPYRIGHT © HISTÓRIANET INTERNETWORKS LTDA

PRODUZIDO POR

SOBRE O HISTORIANET