HISTORIANET

Notícias

Alfabetização

O Ministério da Educação deve superar a meta de alfabetização prevista no programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA) para 2004, estabelecida pelo programa Brasil Alfabetizado, que era de 1,65 milhão de pessoas. De acordo com o diretor do EJA, Timothy Ireland, o número de pessoas cadastradas para serem alfabetizadas pelo programa já chega a 1,75 milhão, o que supera as expectativas em cem mil pessoas. Os recursos destinados ao programa em 2004 são da ordem de R$ 168 milhões.

“Estamos chegando a esse número com os mesmos recursos iniciais e enfrentando certas dificuldades”, enfatizou o diretor. Segundo ele, o fato deve-se, em parte, às Resoluções nºs 14 e 19, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE/MEC), que abriram a possibilidade de estender o período de aulas de seis para oito meses. A previsão inicial do programa levou em consideração o período maior. Também houve variações entre estados, municípios e organizações não-governamentais, que ofereceram períodos de seis ou oito meses de aula. “Quando se tira a média, isso permite atender mais”, disse Ireland.

As aulas referentes ao programa deste ano começarão em agosto. Para alfabetizar os jovens e adultos cadastrados, o Brasil Alfabetizado capacitará 82,5 mil alfabetizadores. Um total de 80 projetos de prefeituras, mais 64 de organizações não-governamentais e de instituições de educação superior estão sendo analisados pela Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad/MEC), para compor a relação de parceiros do EJA. Já foram aprovados projetos de 331 municípios e vinte estados. Na última quarta-feira, 28, foi publicada no Diário Oficial da União a quarta relação de entidades habilitadas a receber recursos para execução das ações de formação de alfabetizadores e para a alfabetização de jovens e adultos, ainda neste exercício. A próxima relação de entidades habilitadas deverá sair até 3 de agosto.

Inclusão

Lançado pelo governo federal em 2003, o programa Brasil Alfabetizado visa à inclusão educacional. Em 2004, o programa investiu R$ 168 milhões para atender a cerca de três mil municípios brasileiros. O programa já firmou parceria com 23 governos estaduais, sendo que em dois – Amazonas e Espírito Santo – por meio das universidades estaduais. Cerca de 380 municípios deverão participar do programa em parceria direta com o governo federal.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) referentes a uma Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad), em 2002, apontam que o Brasil tem cerca de 14,65 milhões de analfabetos, na faixa etária acima dos 15 anos.

Fonte: MEC Notícias

Pesquisar em
1128 conteúdos

Notícias

MASP

Passagens por Paris - Arte moderna na capital do séc. XIX

Notícias

Universidades latinas atraem poucos estrangeiros

Instituições têm melhorado sua presença em rankings internacionais, mas continua

Roteiros de Aula

Ninguém tira Zero

Província elimina nota zero para proteger autoestima de alunos

Notícias

França e Alemanha lembram 100 anos da Primeira Guerra

Presidentes Hollande e Gauck homenageiam mortos nas batalhas e destacam importân

COPYRIGHT © HISTÓRIANET INTERNETWORKS LTDA

PRODUZIDO POR

SOBRE O HISTORIANET