HISTORIANET

Vestibulares

Fatec


1) Sócrates, grande filósofo grego, formou numerosos discípulos, que seguiram diferentes caminhos para buscar o conhecimento real. A grande preocupação socrática era

a) interpretar o mundo como sendo espiritual e organizado segundo uma moral baseada em verdadeiros conceitos imutáveis.
b) compreender as causas primeiras e os fins últimos de todas as coisas, pois só se pode dizer que se conhece alguma coisa quando se conhece sua causa primeira.
c) o autoconhecimento que poderia ser obtido por meio da ironia e da maiêutica, métodos que consistiam em fazer indagação, fingindo ignorância, para despertar no interlocutor o conhecimento latente.
d) fazer um estudo crítico da História, comparando a História Grega com a dos povos orientais, a fim de mostrar que o mundo era mais amplo do que se imaginava.
e) mostrar que todo o conhecimento era obtido por intermédio dos se tidos humanos e que, por esses serem falhos, era relativo e limitado.

Resolução O século V a.C. (século de Péricles) foi caracterizado por um grande desenvolvimento econômico e intelectual. No âmbito intelectual, a filosofia foi amplamente
desenvolvida, sendo preconizada por Sócrates. Platão e Aristóteles também foram grandes filósofos da Grécia Clássica. Os métodos adotados por Sócrates eram a ironia (= destruição do conhecimento) e a maiêutica (= dar luz à; parir idéias).
Resposta: C

2) Afirma-se sobre a Civilização muçulmana:

I. Os muçulmanos sempre consideraram Maomé como o criador do Islamismo, cujo princípio básico, retirado do Judaísmo da época de Abraão, diz que Jeová é o único Deus, e Maomé, seu profeta.
II. Durante o 1º califado, os princípios básicos da religião muçulmana foram transcritos no livro sagrado Alcorão, ou Corão, que é o conjunto de narrativas e mandamentos dos ensinamentos de Maomé.
III. Maomé, ao impor a sua religião aos árabes, contribuiu para a unificação política da Península Arábica e, ao impor rituais, crenças e práticas cotidianas, facilitou a criação de uma organização social única.

Deve-se concluir, a respeito dessas afirmações, que

a) todas são corretas.
b) nenhuma é correta.
c) apenas I e II são corretas.
d) apenas II e III são corretas.
e) apenas I e III são corretas.

Resolução O Islamismo, religião monoteísta fundada por Maomé no início do século VII, possibilitou a unificação religiosa dos árabes e a formação de um império teocrático.
Resposta: D


3) O sistema de Capitanias Hereditárias

a) deixou sua marca na História do Brasil, pois estimulou o povoamento e fez funcionar satisfatoriamente a produção e o comércio na colônia.
b) gerou uma administração política centralizada nas mãos dos capitães donatários e desvinculada do governo português.
c) foi regulamentado por dois documentos legais: a Carta de Doação, que estipulava os direitos e deveres dos donatários, e a Carta Foral, que definia as
condições da posse de capitania.
d) foi adotado devido à presença de estrangeiros no litoral, à péssima situação econômica de Portugal e ao sucesso do sistema, já utilizado nas ilhas do
Atlântico.
e) dava ao capitão donatário um poder limitado sobre sua capitania, uma vez que o rei ficava com a terra quando ocorresse sua morte.

Resolução A implantação do sistema de Capitanias Hereditárias no Brasil, na década de 1530, deve-se à ameaça estrangeira ao litoral brasileiro, à crise do comércio português
com o Oriente e ao sucesso desse sistema, já utilizado nas ilhas do Atlântico.
Resposta: D


4) Com a morte de Elizabeth I, da Inglaterra (1603), acaba a dinastia Tudor, que desfrutava de uma situação de grande prosperidade, graças à política mercantilista, e tem início a dinastia Stuart. Sobre a dinastia Stuart é correto afirmar que

a) Carlos I assume o poder logo após a morte de Elizabeth e torna-se o todo-poderoso, rei de três países: Inglaterra, Escócia e Irlanda.
b) Jaime I foi chamado de "o imbecil mais sábio de toda a cristandade", por Henrique IV, rei da França, devido à falta de habilidade política, excesso de vaidade, teimosia inarredável e grande erudição.
c) Oliver Cromwell exigiu que o Parlamento criasse o Primeiro Bill of Rights, que dava ao cidadão garantia contra detenções arbitrárias e tributos ilegais.
d) Jaime II lançou os Atos de Navegação, decretos que estabeleciam que somente embarcações inglesas poderiam realizar o comércio com suas colônias da América.
e) Carlos II fugiu para a França quando Guilherme de Orange invadiu a Inglaterra, e iniciou-se a Revolução Puritana.

Resolução A única possibilidade para responder uma questão dessa natureza é por exclusão. Além disso, trata-se de uma opinião subjetiva e pejorativa que em nada colabora
para o entendimento da natureza socioeconômica da Dinastia Stuart (1603 a 1649 e de 1660 a 1688). Essa dinastia representou o declínio do poder absoluto britânico e sua substituição, inicialmente, pela República Puritana (1649 a 1660) e pelo parlamentarismo de base burguesa, com a Revolução Gloriosa (1688 e 1689), que impôs o "Bill of Rights", ou seja, "o rei reina mas não governa".
resposta: B



5) A bordo do navio Mayflower, em 1620, um grupo de puritanos chegou ao Cabo Cod, no atual Estado do Massachusetts, no nordeste dos EUA, em busca de liberdade religiosa. Os puritanos:

a) eram indivíduos desgarrados, aventureiros que buscavam riquezas.
b) eram pessoas que, embora indesejáveis na Inglaterra, pretendiam enriquecer e para lá voltar.
c) tinham o sonho de construir uma nova pátria, onde houvesse liberdade de culto.
d) eram indivíduos desgarrados, que por serem anglicanos tiveram que abandonar seu país de origem.
e) objetivavam unicamente ter uma nova pátria, que lhes desse muito lucro, apesar de serem protestantes perseguidos.

Resolução Os puritanos, grupo calvinista inglês, ocuparam as colônias do norte dos "Estados Unidos", tinham como ideal a fixação à nova terra, onde as comunidades gozariam
de liberdade política e religiosa, e criariam uma "nova Inglaterra".
Resposta: C


6) Sobre o período regencial brasileiro afirma-se:

I. A Constituição de 1824 previa a eleição de um regente, caso o imperador estivesse impossibilitado de governar. Como o herdeiro era menor de idade, a Assembléia Geral viu-se forçada a eleger tal regente.
II. Pelo Ato Adicional de 1834 substituía-se a Regência Una por uma Regência Trina, tirava-se a autonomia das províncias e criava-se o Conselho de Estado.
III. Foram criadas três correntes políticas: a dos chimangos (que queriam a autonomia para as províncias), a dos restauradores (que eram a favor da monarquia e da centralização administrativa) e a dos farroupilhas (que tinham como objetivo o retorno de D. Pedro I ao trono imperial). Deve-se dizer, sobre essas afirmações, que:

a) todas são corretas.
b) nenhuma é correta.
c) apenas I e II são corretas.
d) apenas II e III são corretas.
e) apenas I e III são corretas.

Resolução A Constituição outorgada em 1824 previa um governo regencial com três membros. Em 1834, o Ato Adicional substituiu a Regência Trina pela Regência Una. No período regencial, os três grupos políticos eram: os chimangos (moderados), defensores da centralização; os restauradores, defensores do retorno de D. Pedro I ao trono do Brasil, e os exaltados ("farroupilhas" no Rio Grande do Sul), defensores da autonomia provincial.
Resposta:B


7)

"De pé ficaremos todos
E com firmeza juramos
Quebrar tesouras e válvulas
E pôr fogo às fábricas daninhas."

(Canção dos quebradores de máquinas do séc. XIX, citada por Leo Huberman. História da riqueza do homem.1979)

O movimento representado nessa canção denominouse:

a) Liberalismo: defendia a idéia de que todas as nações deveriam implantar a liberdade de comércio e a destruição das máquinas.
b) Anarquismo: a maior parte de seus seguidores aponta Deus, o Estado e as máquinas como os maiores inimigos da liberdade humana.
c) Cartismo: originou-se de um documento chamado Carta do Povo, no qual, entre outras coisas, estava a defesa do sufrágio universal masculino e o voto secreto, além da destruição das máquinas, maiores concorrentes dos trabalhadores da época.
d) Socialismo: conjunto de doutrinas que defendia uma melhor distribuição da riqueza produzida pelo trabalho nas fábricas.
e) Ludismo: seus seguidores acreditavam que os responsáveis por sua miséria e desemprego eram as máquinas e passaram a destruí-las.

Resolução O termo "ludismo" está associado, segundo a tradição, à figura do artesão Eduard Ludd, que iniciou um movimento, logo seguido por vários operários (trabalhadores
em manufaturas e artesanato), que pregava a idéia de que as máquinas fossem quebradas, pois eram consideradas responsáveis pelas péssimas condições de vida dos setores subalternos. Na realidade, trata-se de uma tentativa ingênua e desesperada de manter o sistema tradicional, de produção baseada em métodos tradicionais precisos de trabalho,
já sacramentados, e que foram atingidos pela mecanização.
Resposta: E


8) "Tentativas de combinar as particularidades nacionais e as tendências artísticas mundiais, a herança cultural e os impulsos de modernização. Tentava-se entender o Brasil para transformá-lo, procurando alimentar-se do que lhe seria particular e do que seria proveniente de fora. Em resumo, devorar o que a cultura ocidental tinha a oferecer, sem perder a identidade nacional."
(Adaptado de Flávio de Campos -- Oficina de História. Ed. Moderna -- 1999 -- p.218)
Assinale a alternativa que identifica corretamente o movimento cultural brasileiro referido no texto acima.

a) Movimento Modernista.
b) Movimento Indianista.
c) Movimento Romântico.
d) Movimento Parnasiano.
e) Movimento Dadaísta.

Resolução Uma das características do Modernismo foi a utilização de elementos nacionais, associados às influências estrangeiras. Destacam-se como elementos inovadores as características sociais urbanas, refletindo as transformações que ocorriam na República Velha.
Resposta: A



9) Com relação ao Estado Novo (1937), nos seus aspectos fundamentais, é correto afirmar que
a) se caracterizou pela aliança entre Vargas, os EUA e as forças democráticas da Alemanha.
b) se marcou pela preocupação de Vargas em definir ideologicamente o regime para obter o apoio dos EUA.
c) se caracterizou pela não intervenção do Estado no campo econômico e social, criando condições para o agravamento da luta de classes.
d) se iguala ao fascismo pela grande mobilização popular e existência de um grande partido de massas (PTB).
e) se caracterizou pela centralização absoluta do poder nas mãos do Executivo, representado por Vargas e seus auxiliares mais próximos, anulando a autonomia
federalista dos estados.

Resolução O Estado Novo, entre 1937 e 1945, foi um período da Era Vargas marcado pela ampla concentração do poder na figura do Executivo, limitando o Legislativo e os governos estaduais. Entre 1937 e 1942, o Estado Novo caracterizou-se como uma ditadura com componentes fascistas. A partir de 1942, com a participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial, combatendo o nazifascismo, inicia-se a redemocratização do Estado Novo, culminando com as eleições gerais de 1945.
Resposta:E


10) Afirma-se sobre o governo de Juscelino Kubitschek:

I. Possuía dois conceitos chave: o nacionalismo e o desenvolvimentismo.
II. Lançou o Plano de Metas, apontando como áreas prioritárias para o investimento estatal os setores de energia, alimentação, educação, transporte e indústria
de base.
III. Implantou a reforma agrária, desagradando a elite latifundiária brasileira.
IV. Era elitista, favorecendo os setores empresariais ligados direta ou indiretamente ao capital transnacional.

Está correto o que se afirma em
a) I, II e IV apenas. b) I, II, III e IV.
c) I e III apenas. d) II, III e IV apenas.
e) I, III e IV apenas.

Resolução: O governo de Juscelino Kubitschek está inserido no contexto da Democracia Populista Brasileira. As bases de seu programa de governo estavam calcadas no nacionalismo, no desenvolvimentismo e no Plano de Metas. Dentre as metas propostas por Juscelino, estava a meta da questão agrícola, porém o plano não previa a reforma
agrária.
Resposta: A


11) A folha de coca já era utilizada no império inca, nos rituais religiosos e também para retirar a sensação de fome e de frio dos indígenas. O tráfico internacional de drogas é, atualmente, um negócio multinacional e milionário. Os grandes produtores de coca são os países sul-americanos:

a) Colômbia, Bolívia, Peru, Equador e Brasil.
b) Colômbia, Peru, Equador, Venezuela e Chile.
c) Colômbia, Bolívia, Brasil, Venezuela e Argentina.
d) Colômbia, Peru, Brasil, Paraguai e Argentina.
e) Colômbia, Bolívia, Equador, Paraguai e Chile.

Resolução
Essa questão aborda um tema recorrente ao nosso cotidiano, havendo a necessidade do conhecimento factual do vestibulando, por meio de jornais, revistas e telejornais, para assinalar a alternativa correta.
Resposta: A

12) Afirma-se sobre o conflito entre israelenses e palestinos:

I. Após a fundação do Estado de Israel, em 1948, e a guerra que se seguiu entre Israel e a Liga Árabe, o sentimento de ódio entre os dois povos irradiou-se de forma descontrolada, pois, com a vitória de Israel, 75% da antiga Palestina ficou sob seu domínio; além disso, o Estado Palestino não saiu do papel.
II. Em março de 2002, Ariel Sharon e Iasser Arafat, ganhadores do Prêmio Nobel da Paz em 1979, se reuniram em Jericó, na Cisjordânia, para concluir um acordo que coloque fim à Intifada iniciada em 2000.
III. A atual Intifada iniciou-se em 2000, após a visita de Ariel Sharon, líder do Partido Conservador, à cidade velha de Jerusalém; a população árabe-palestina recebeu a visita como uma provocação, já que nessa região de Jerusalém encontram-se lugares sagrados para os muçulmanos.

Está correto o que se afirma em
12
11
a) I, II e III. b) I e II apenas.
c) II e III apenas. d) I e III apenas.
e) II apenas.

Resolução: A radicalização do conflito israelo-palestino iniciou-secom a Segunda Intifada (Revolta Palestina contra aocupação israelense), após a visita provocativa do primeiro-ministro israelense Ariel Sharon à Esplanada dasMesquitas, em Jerusalém.O Prêmio Nobel da Paz foi concedido a Iasser Arafat(lado palestino) e a Isaac Rabim e Shimom Peres (lado
israelense).
Resposta: D

Pesquisar em
1128 conteúdos

Notícias

MASP

Passagens por Paris - Arte moderna na capital do séc. XIX

Notícias

Universidades latinas atraem poucos estrangeiros

Instituições têm melhorado sua presença em rankings internacionais, mas continua

Roteiros de Aula

Ninguém tira Zero

Província elimina nota zero para proteger autoestima de alunos

Notícias

França e Alemanha lembram 100 anos da Primeira Guerra

Presidentes Hollande e Gauck homenageiam mortos nas batalhas e destacam importân

COPYRIGHT © HISTÓRIANET INTERNETWORKS LTDA

PRODUZIDO POR

SOBRE O HISTORIANET