HISTORIANET

Livros

Livro Liberdade? Nem Pensar

LIVRO INDICADO
TÍTULO: LIBERDADE? NEM PENSAR
AUTOR: Aquino Rubim Santos Leão e Marco A Bueno Bello,
EDITORA: RECORD



LIBERDADE? NEM PENSAR! O LIVRO DAS CONJURAÇÕES é o novo livro dos renomados historiadores Aquino e Bello, que estuda as conjurações mineira, baiana e do Rio de Janeiro. A partir da análise destes momentos históricos, Aquino revela uma nova abordagem para o assunto, destruindo alguns mitos.
Aquino e Bello, também professores, optaram por uma linguagem simples e direta para elucidar as questões em torno dos movimentos coloniais brasileiros de libertação. Partindo de um detalhado panorama internacional, os autores revelam fenômenos históricos responsáveis pelas transformações que afetaram o rígido sistema colonial ibero-americano. A seguir, analisam as lutas brasileiras, mostrando os objetivos comuns e as particularidades de cada uma.
O primeiro movimento analisado pelos professores é a Conjuração Mineira. Apesar de inúmeros exemplos de reação dos colonos aos pesados e injustos impostos cobrados pela metrópole, apenas em 1789, um grupo formado basicamente pela elite colonial da região colocou em prática seus sonhos de libertação. Contudo, nada se concretizou, Tiradentes e seus companheiros foram delatados e sofreram as mais duras penas infligidas pela Justiça portuguesa.
Na mesma época da Conjuração mineira, integrantes da elite colonial do Rio de Janeiro também conspiravam, embalados pelas idéias iluministas. Os líderes do movimento falavam sobre república, liberdade e igualdade e por isso, sofreram as devidas represálias. Os conjurados foram presos e a Sociedade Literária do Rio de Janeiro, onde aconteciam as discussões, foi fechada.
Enfim, em 1798 aconteceu o mais popular de todos os movimentos de libertação do Brasil, a Conjuração Baiana. Contando com a participação de negros livres ou escravos, de mulatos, forros ou não, soldados, artesãos e influenciados pelos ideais da França Revolucionária, os conjurados lutavam pela mudança de toda a ordem colonial, começando pela libertação dos escravos. Mais uma vez, a luta foi reprimida, os conspiradores presos, torturados e condenados; quatro foram mortos, tendo o corpo esquartejado como o de Tiradentes.
LIBERDADE? NEM PENSAR! O LIVRO DAS CONJURAÇÕES conta ainda com a reprodução de documentos de época, revelando uma nítida conexão entre o passado e o presente, procurando deixar evidente a relação entre esses dois tempos históricos.

Pesquisar em
1128 conteúdos

Notícias

MASP

Passagens por Paris - Arte moderna na capital do séc. XIX

Notícias

Universidades latinas atraem poucos estrangeiros

Instituições têm melhorado sua presença em rankings internacionais, mas continua

Roteiros de Aula

Ninguém tira Zero

Província elimina nota zero para proteger autoestima de alunos

Notícias

França e Alemanha lembram 100 anos da Primeira Guerra

Presidentes Hollande e Gauck homenageiam mortos nas batalhas e destacam importân

COPYRIGHT © HISTÓRIANET INTERNETWORKS LTDA

PRODUZIDO POR

SOBRE O HISTORIANET