HISTORIANET

Notícias

A voz do professor

Alterações na voz dos professores devem ser investigadas

 

 

Recentemente, o SINPRO-SP realizou uma enquete com os professores que investigou a presença de dores corporais e problemas de voz. A maior parte deles (80,8%) relatou queixas vocais durante o exercício profissional.

 

O questionário foi respondido por 340 professores, que apontaram a presença de 7,5 dores, sendo que a mais frequente foi dor na garganta (90,8%).

 

As dores questionadas foram: dor na articulação têmporomandibular (ATM), na língua, na garganta, na nuca, nos ombros, no pescoço, para falar, dor nos braços, nas costas/coluna, no peito, nas mãos, nos ouvidos e dor de cabeça.

 

Preste atenção

 

Você também tem percebido dores na garganta e alterações na voz? Mesmo que não sinta nada, agende uma avaliação vocal no SINPRO-SP e aprenda a cuidar melhor do seu principal instrumento de trabalho: A VOZ.

 

Saiba mais sobre o Programa de Saúde Vocal do SINPRO-SP e confira dicas para o seu bem-estar vocal.

Pesquisar em
1128 conteúdos

Notícias

MASP

Passagens por Paris - Arte moderna na capital do séc. XIX

Notícias

Universidades latinas atraem poucos estrangeiros

Instituições têm melhorado sua presença em rankings internacionais, mas continua

Roteiros de Aula

Ninguém tira Zero

Província elimina nota zero para proteger autoestima de alunos

Notícias

França e Alemanha lembram 100 anos da Primeira Guerra

Presidentes Hollande e Gauck homenageiam mortos nas batalhas e destacam importân

COPYRIGHT © HISTÓRIANET INTERNETWORKS LTDA

PRODUZIDO POR

SOBRE O HISTORIANET