HISTORIANET

Notícias

Memória da Cidade


História e Patrimônio de São Paulo

São Paulo, megalópole de onze milhões de habitantes, Babel contemporânea, cidade global, selva de concreto, aço e vidro, fumaça, trânsito caótico, polifonia de ruídos, ou, como quis Caetano Veloso: mais possível novo quilombo de Zumbi.
São Paulo, cidade provinciana, algumas dezenas de milhares de almas habitando casas de barro, transitando lentamente por ruas estreitas e tortas, esbarrando em escravos. Nos chafarizes públicos filas para se obter água para os lares. Um sino soa - São Francisco ou São Bento - avisando da saída da procissão, cascos de cavalo batem no chão, algumas carroças. Na rua do Comércio imperam os trajes austeros e a infinita coleção de barbas, bigodes, cavanhaques, suíças e afins.
Há uma cidade, duas ou muitas?
A cidade de São Paulo recebeu ao longo de sua existência uma vastidão de interpretações, títulos, rótulos e mitos: Cidade que nunca dorme, Locomotiva do Brasil, Túmulo do Samba, Capital da Solidão, Berço da Nação...
Todas as denominações, como mitos, trazem possibilidades de compreensão, mas não verdades ou mentiras absolutas. Memória da Cidade: história e patrimônio de São Paulo põe no mesmo espaço e tempo duas cidades separadas não por uma distância geográfica, mas por mais de uma centena de anos, flagradas cada uma no seu tempo por um fotógrafo.
Militão Augusto de Azevedo (Rio de Janeiro, 1837 – São Paulo, 1905) foi primeiro fotógrafo a registrar a cidade de São Paulo, no início da década de 1860, suas fotografias (um conjunto de aproximadamente três dezenas de cenas da cidade, diante de mais de 12.000 retratos executados pelo fotógrafo) se tornaram uma fonte de inestimável valor para o conhecimento da São Paulo oitocentista. Desse conjunto de fotografias de cenas, Memória da Cidade trará 25, pela primeira vez reunidas e expostas tal como foram produzidas por Militão: tendo a cidade como “modelo”.
Renato Suzuki (São Paulo, 1978), fotógrafo da nova geração, também dedicado a tradução fotográfica da cidade de São Paulo, retorna aos espaços retratados por Militão há mais de cem anos, e os relê, re-interpreta, busca as aproximações e distanciamentos entre esses dois mundos, a cidade hoje e a do século XIX. Nesse jogo de aproximações revela-se a linha vital que liga dois fotógrafos, dois mundos, duas cidades, duas técnicas, dois olhares: um único espaço e a memória. O conjunto de aproximadamente 50 imagens, produzido nos últimos dois anos por Renato Suzuki, materializa esse jogo.
Simultaneamente a exposição o projeto Memória da Cidade traz um curso livre a respeito da história cultural da cidade de São Paulo, ministrado pelos Professores Ms Carlos Eduardo França de Oliveira, Erik Hörner e Rodrigo da Silva, formados pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo e pesquisadores ligados ao Museu Paulista da USP (conhecido popularmente como Museu do Ipiranga). O curso busca fazer um itinerário pelos modos de vida na cidade de São Paulo ao longo de sua história, dos hábitos, do cotidiano, do espaço da cidade, sua evolução, procurando apresentar outras possibilidades de interpretação, algumas das quais põem em questão mitos e pressupostos a respeito dela. Nesse caminho a cidade, sobretudo sua região central, ressurge como espaço, como cenário das interpretações fotográficas de Militão Augusto de Azevedo e de Renato Suzuki e como “patrimônio cultura”, repositório de memórias da população, lugares – inclusive – de parte da “mitologia paulistana”.
O projeto Memória da Cidade é uma realização da Caixa Cultural de São Paulo, produzido pela Conceito e Famiglia Produções, com apoio do Museu Paulista da Universidade de São Paulo, detentor da coleção original de fotos de Militão Augusto de Azevedo expostas agora.
CAIXA Cultural de São Paulo
Praça da Sé, 111

Nas galerias Octogonal e Florisbela
Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 9h às 21h.
De 23 de janeiro a 26 de fevereiro de 2010
Entrada franca

Curso: Informações e inscrições na CAIXA Cultural (11) 3321-4400

Curadoria: Camila Garcia
Realização: Caixa Cultural
Produção: Conceito & Famiglia Produções

Apoio: Museu Paulista – USP

 

Pesquisar em
1128 conteúdos

Notícias

MASP

Passagens por Paris - Arte moderna na capital do séc. XIX

Notícias

Universidades latinas atraem poucos estrangeiros

Instituições têm melhorado sua presença em rankings internacionais, mas continua

Roteiros de Aula

Ninguém tira Zero

Província elimina nota zero para proteger autoestima de alunos

Notícias

França e Alemanha lembram 100 anos da Primeira Guerra

Presidentes Hollande e Gauck homenageiam mortos nas batalhas e destacam importân

COPYRIGHT © HISTÓRIANET INTERNETWORKS LTDA

PRODUZIDO POR

SOBRE O HISTORIANET